quinta-feira, 11 de abril de 2013

E quando eu veganizar?



Desde 05 de fevereiro de 2011 eu não como carnes. Quaisquer carnes.
A primeira motivação foi a piedade. Não quero que a minha vida seja sustentada pela morte.
Depois veio a pesquisa em sites, livros e revistas para melhor compreensão do vegetarianismo.
Depois veio a consciência de que algumas vidas são piores que a morte e a questão da indústria dos laticínios e de ovos fica batucando na minha cabeça!
Eu sei que meus dias de queijo e omeletes estão contados. E aí?
Como é que fica o nome do blog, heim? Heim?

(Estou com uma gripe pior que a mente do Feliciano e não vou conseguir escrever muito, mas vou deixar alguns links para sites e blogs de alimentação que eu acesso. A quem interessar possa.):


http://papacapimveg.com/
http://www.vegetarianismo.com.br
http://www.cantinhovegetariano.com.br/
http://vista-se.com.br/

O símbolo que ilustra esse post é o do veganismo.
Recomendo o vídeo: A melhor palestra que você irá ouvir na vida


4 comentários:

  1. Só se for com Tofu... (?)
    é uma ideia =P

    ResponderExcluir
  2. O Pirula fez um bom vídeo em reposta ao Gary Yourofsky.

    ResponderExcluir
  3. Eu vi o vídeo do Pirula. Achei interessante e esclarecedor mas, não acredito que invalide na totalidade as coisas que o Gary Yourofsky fala. O Gary exagerou em muita coisa (posso deduzir que aí pesou a paixão com que ele defende a causa vegana) e usou parcialmente algumas informações. Errou. OK. Mas não tenho tempo nem conhecimento para editar o vídeo do Gary para tirar essas partes. Mesmo não achando ideal que haja erros, para mim, o principal é mostrar um resumo do malefício que a indústria da carne (e dos laticínios e ovos) para o meio-ambiente, para a saúde e para os animais. Como o próprio Pirula assumiu: Ele poderia fazer um vídeo com todos os argumentos "verdadeiros" para apoiar o vegetarianismo mas que não fez para "dar uma lição" aos veganos fanáticos. Pena... Eu prefiro um vídeo com algum erro ao "vídeo nenhum" de pirraça. Se eu descobrir um vídeo perfeito, eu troco. E o título continua valendo: A melhor palestra que eu vi sobre o tema.

    ResponderExcluir