terça-feira, 31 de maio de 2011

O Resgate


Este blog está na UTI, coitado!
Negligência, abandono... opróbio!
A redatora está sem tempo, mas quem sabe vire a redentora desse espaço já cheirando a mofo e cheio de teias de aranha.
Quando nasceu a ideia, brotou a responsabilidade do lado. E foi fondo... foi fondo... As memórias surgiam aos borbotões. Os casos faziam fila: conta eu!
Então a bruxa má da correria sequestrou os assuntos. E o blog começou a definhar... igual na história do Joãozinho e da Maria.
- Me mostra o seu dedinho!
Risco nenhum: magrinho, magrinho... Um post aqui e outro lá longe!
E o tempo naquela doideira, o chato.
Começou a prática da procrastinação (sabia que ainda ia usar essa palavra - sonho antiiiigo!): Amanhã eu escrevo. Depois eu posto. Domingo, sem falta.
E o amanhã passou, o depois 'cascou fora' e o domingo já virou terça-feira.
Foi!
E o blog aqui, anêmico, franzino.
Começa agora a Operação Resgate.
Resgatar é recuperar, liberar do risco, quase uma ressurreição.
Resgatar amizade, um amor, lembranças...
Resgatar do pretérito os substantivos e os verbos tão necessariamente presentes: atenção e cuidar.
É o que me falta nesse momento: o cuidado, a atenção, o dedicar.
Tudo o que importa precisa de cultivo, da presença.
Eis-me aqui, Coriolano!
E pra mostrar que não é brincadeira, vou contar um causo:
Quando eu era pequenininha, lá... nos idos de 19... tinha as mãos muito gordinhas mas quase nas pontas dos dedos dava uma "amassadinha". Ninguém nunca tinha posto reparo no fato e o problema foi exatamente isso. O Fabinho, muito quieto e bonzinho, apertou minha mão na porta e o berreiro trouxe a Mamãe correndo. Quando ela pegou minha mão e viu o estrago
- Coitada, amassou a mão da pobrezinha!
O Fabinho pagou o (f)pato, claro!Levou uma surra federal.
Só depois de muito tempo que a Mamãe reparou: as duas mãos eram(*) iguaizinhas!

(*)Detalhe: ainda são.


2 comentários:

  1. Tira, por favor, esse blog da UTI e ponha-o, pelo menos, na enfermaria.
    Amo ser uma dos 26 seguidores...
    BJOS!!!

    ResponderExcluir
  2. rsrsrs
    Muitobrigada! Vou monitorando, energia na ve(é)ia... talvez escape!

    ResponderExcluir