sexta-feira, 2 de abril de 2010

Fábio ataca novamente!




Essa foto aí em cima mostra o Papai e a Mamãe no bar do 'Seu Carlos', lá no Barreiro. Foi um dos bares que ele mais frequentou. Dá pra ver o "à vontade" que ele ficava? Dá pra ver que ele estava querendo derramar a cerveja na cabeça do "colega"? E dá pra ver uma plaquinha, torta, à esquerda da cabeça do Papai? Essa plaquinha, foi ele quem fez. Nela estava escrito: É PROIBIDO ENTRAR BÊBADO NESSE BAR. SAIR, PODE.

Ele tinha as suas frases de efeito. O próprio nome desse blog é uma delas. Toda vez que alguém oferecia qualquer coisa para ele comer - ou beber - ele fazia uma cara indescritível e falava:

- Aff, Maria, só se for com queijo!

Quando ele ia dormir, espreguiçava, fingia um bocejo e soltava:

- É, já que ninguém me tira pra dançar... vou dar uma ca**dinha e vou dormir!

Também, quando ia se despedir, ele sempre desejava:

- Feliz Natal e uma Quaresma cheia de fantasma!

Já que a quaresma tá terminando mesmo...

Foto: Acervo pessoal.

2 comentários:

  1. Eu e o papai acabamos de ler as novas puplicações do blog.
    Papai está no hospital e eu com ele acompanhando. Ele teve uma arritimia cardiaca, mas já está nos finalmente, em breve estaremos em casa.
    Lendo as novas publicações, "seu Renato" sempre se emociona, lembrando de seu irmão querido e brincalhão, que nos deixou a tão pouco tempo. Brincalhão e caçador de brigas, conta o papai:
    - Estavamos eu(Renato), Fábio e Walter no campo de futebol do Independencia( campo do Sete), localizado no bairro Sagrada Família, entre as ruas Pitangui e Ismênia Tunes.... ue??Ismênia Tunes? AH! É nossa Bisavô que tem um nome de rua, sabiam?
    O Jogo que assistiamos era Cruzeiro contra um time qualquer ( ele não se lembra de qual... um Atléticuzinho da vida); quando se sentou um senhor ao lado do Fábio, que tinha mais ou menos um metro e noventa e tantos de altura e pesava uns 150 kilos. Este senhor pediu ao vendedor de balas que estava no local, umas balinhas, pagou e quando foi pegar o troco da compra, discutiu com o menino e lhe plantou a mão na cara. O garoto correu e chamou o guarda apontando para o local em que estavam todos. O "senhor da lei " chegou perguntando quem havia batido no rapaz, na mesma hora o Fábio se levantou e apontou para o "gigantesco" homem ao seu lado dizendo:
    - Foi este cara aqui que deu um tapa no menino!!! Então o guarda levou o senhor para as averiguções, e o mesmo ficou olhando com uma cara feia para o Fábio, que se sentou logo em seguida e não estava nem ai pela "canguetada".
    No Domingo seguinte, lá estavam novamente o trio de irmãos no mesmo local de antes, e quando estavam aguardando o início do jogo, o Walter virou para o Fábio e disse:
    - Veja quem está ao seu lado novamente?
    Era o gigantesco senhor batedor de baleiros que parece não ter reconhecido os tres, que estavam morrendo de rir sem que o senhor entendesse o que se passava. O jogo terminou com a vitória do Cruzeiro, claro né!!!!

    ResponderExcluir
  2. OI Flávia, tudo bem?
    Fiquei muito satisfeito em encontrar notícias do nosso querido Fabão. Parabéns pelo Blog!
    Continue com a mesma alegria e determinação.
    Vou te mandar algumas fotos (email) para futuras publicações.
    Um grande abraço
    Roberto Magalhães

    ResponderExcluir